A terapia de Reiki em ambiente hospitalar: resumo de um artigo científico

2022-09-20

A terapia de Reiki em ambiente hospitalar: resumo de um artigo científico

Vamos falar hoje sobre um estudo da terapia de Reiki em doentes hemato-oncológicos!

Vamos falar hoje sobre um estudo da terapia de Reiki em doentes hemato-oncológicos!

Entre 2007 e 2009 foi realizado um projeto de investigação no Hospital  S. João, no Porto, intitulado de “o Impacto da Terapia de Reiki na qualidade de vida dos doentes hemato-oncológicos”, por Zilda Alarcão e onde participaram 100 pacientes. Divididos em dois grupos -  “Reiki verdadeiro” e “Reiki placebo” - rapidamente começou-se a perceber o impacto da terapia.

De acordo com a investigação, segundo Zilda Alarcão, foi comprovado “(…) que os pacientes que recebiam Reiki duas vezes por semana tinham maior qualidade de vida do que os que não eram tratados com esta terapia”. Para felicidade de todos, os resultados do estudo convenceram a administração do hospital a adotar a aplicação da terapia, em regime de voluntariado, no hospital. 

Segundo Zilda Alarcão, o terapeuta ao permitir que a energia flua no ser humano, irá diminuir a ansiedade, o sofrimento, a dor, a fadiga e todos os estados de dependência física. Com isto, favorece os sentimentos positivos, o sono e repouso, a concentração, aprendizagem e autoestima.

Assim, conclui-se que usar a terapia de Reiki em doentes hospitalares pode ser uma mais valia para o estado da saúde mental do paciente e que ajuda a aceitar melhor os tratamentos!  

Voltar